A+ R A-

Para enfrentar Sport, Valentim conta com "reforços"

 

     Depois de começar o domingo a pedradas e vencer o Flamengo por 2 a 0 no Allianz Parque, o Palmeiras vive um momento de "paz" com sua torcida. Jogadores contestados, presidente afirmando rompimento com organizadas e Alberto Valentim trabalhando muito para o confronto de Quinta (16) frente o Sport em casa, a quatro rodadas do fim do torneio.Ainda na disputa por uma vaga no G-4, o time alviverde encontrou reforços que até pouco tempo vinham em baixa. Isso em todos os setores: defesa, meio de campo e ataque.

     Se antes era bastante improvável imaginar com Cuca um Verdão com Borja e Felipe Melo em campo, hoje a dupla virou realidade com a nova comissão técnica.

     A chance mais recente foi a do volante, que voltou a ser titular no domingo e, além de ter tido destaque na vitória contra o Flamengo, foi aplaudido antes, durante e depois da partida.

     Titular pela primeira vez desde o fim de julho, o jogador ganhou disputa com Bruno Henrique e só deixou o campo após reclamar de dores musculares.

     O retorno de Felipe Melo atendia a uma necessidade da equipe, que vinha de duas derrotas com desempenho defensivo abaixo da média. Com Tchê Tchê e Bruno Henrique, o setor ficou exposto e mais vulnerável, principalmente na cobertura dos laterais.

     Michel Bastos é o dono da lateral esquerda no lugar do contestado Egídio. Na zaga o único titular absoluto é Edu Dracena, Juninho e Luan brigam pela outra vaga com a ausência de Mina.

     No ataque o caríssimo Borja entrou em boa fase com Valentim, marcou até golaço no amistoso da Colômbia, deixando os palestrinos esperançosos, William que vem se recuperando é boa opção e Deyverson, com Cuca intocável, marcou dois gols contra o Fla e agora deixa mais uma dúvida para o treinador alviverde.

     Depois de dar sequência ao 4-3-3, com um trio de meio de campo versátil, dois pontas e uma referência ofensiva, Valentim deu nova cara ao Palmeiras contra o Flamengo.

     No 4-2-3-1 da primeira etapa, recuou Moisés para atuar ao lado de Felipe Melo e abriu Tchê Tchê pela direita, com Dudu livre, mas mais centralizado, Keno pela esquerda e Deyverson na frente.

     A inversão nas pontas ocorreu somente após Renê receber cartão amarelo, o que fez Keno ser deslocado para o outro lado e assim tentar explorar uma possível fragilidade na marcação rubro-negra.

     No elenco, Guerra, Hyoran e Raphael Veiga são as opções mais ofensivas. Guerra, que foi testado por Cuca mais pelo lado, tem o perfil de camisa 10 tático, assim como Veiga.

     Já Hyoran entrou bem contra o São Paulo, mas não teve sequência - ele é usado durante os treinamentos entrando em diagonal.

     Até sub-20 teve espaço com Valentim. Destaque da equipe que saiu na frente na semifinal do Paulistão da categoria, Fernando entrou no segundo tempo da partida contra o Vitória.

     Aos 18 anos, o jovem, que recentemente renovou contrato até 2022, pode ganhar mais espaço no grupo.

     A Rádio ESPORTESNET transmiste Palmeiras X Sport nesta quinta, dia 16, a partir das 20h, ao vivo direto do Allianz Parque com a narração de Murilo Franco, reportagens de Felipe Oliveira e comentários de Diego Luz.

 

 

Valentim Palmeiras Radio ESPORTESNET 2017 novembro 001

 

Jogos  Anuncio Radio ESPORTESNET 2017 Palmeiras X Sport

 

Fonte: globoesporte.com